Fotografia da Natureza por André Brito e Ana Esteves

Chasco-cinzento

Oenanthe oenanthe

 

O chasco-cinzento, mede cerca de 14 a 16,5 cm. Esta ave apresenta algumas características que a torna facilmente identificável. Apresenta uma cauda preta e branca com um T preto na ponta e a base branca. A parte superior é cinzenta ou castanho-acinzentado. possui uma lintra superciliar branca ou amarelada. Os machos, na primavera/ Verão apresenta a cora e as partes superiores cinzas, uma mascarilha preta, asas pretas e coloração cor de areia no peito e garganta.

É uma aves que raramente pousa mais alto que um rochedo ou um pau de cerca, sendo visto a maior parte das vezes no chão, onde apresenta uma posição aprumada com súbitos movimentos rápidos. Habita preferencialmente em turfeiras, charnecas, pastagens campos abertos e até praias. É uma espécie estival em Portugal que pode ser observada durante a época de reprodução,  até ao fim do Verão.

Alimenta-se de pequenos insectos que procura no solo e entre a vegetação.

Constrói o ninho em forma de taça numa fenda de rocha, antas, muros de pedra, telhados e até em tocas de coelho. Efectua 1-2 posturas com 5-6 ovos.

Estatuto de conservação (Livro vermelho de Vertebrados): LC – Pouco preocupante

Anúncios

Oenanthe oenanthe

O chasco-cinzento, mede cerca de 14 a 16,5 cm. Esta ave apresenta algumas características que a torna facilmente identificável. Apresenta uma cauda preta e branca com um T preto na ponta e a base branca. A parte superior é cinzenta ou castanho-acinzentado. possui uma lintra superciliar branca ou amarelada. Os machos, na primavera/ Verão apresenta a cora e as partes superiores cinzas, uma mascarilha preta, asas pretas e coloração cor de areia no peito e garganta.

É uma aves que raramente pousa mais alto que um rochedo ou um pau de cerca, sendo visto a maior parte das vezes no chão, onde apresenta uma posição aprumada com súbitos movimentos rápidos. Habita preferencialmente em turfeiras, charnecas, pastagens campos abertos e até praias. É uma espécie estival em Portugal que pode ser observada durante a época de reprodução,  até ao fim do Verão.

Alimenta-se de pequenos insectos que procura no solo e entre a vegetação.

Constrói o ninho em forma de taça numa fenda de rocha, antas, muros de pedra, telhados e até em tocas de coelho. Efectua 1-2 posturas com 5-6 ovos.

Estatuto de conservação (Livro vermelho de Vertebrados): LC – Pouco preocupante


Oenanthe oenanthe

 

O chasco-cinzento, mede cerca de 14 a 16,5 cm. Esta ave apresenta algumas características que a torna facilmente identificável. Apresenta uma cauda preta e branca com um T preto na ponta e a base branca. A parte superior é cinzenta ou castanho-acinzentado. possui uma lintra superciliar branca ou amarelada. Os machos, na primavera/ Verão apresenta a cora e as partes superiores cinzas, uma mascarilha preta, asas pretas e coloração cor de areia no peito e garganta.

É uma aves que raramente pousa mais alto que um rochedo ou um pau de cerca, sendo visto a maior parte das vezes no chão, onde apresenta uma posição aprumada com súbitos movimentos rápidos. Habita preferencialmente em turfeiras, charnecas, pastagens campos abertos e até praias. É uma espécie estival em Portugal que pode ser observada durante a época de reprodução,  até ao fim do Verão.

Alimenta-se de pequenos insectos que procura no solo e entre a vegetação.

Constrói o ninho em forma de taça numa fenda de rocha, antas, muros de pedra, telhados e até em tocas de coelho. Efectua 1-2 posturas com 5-6 ovos.

Estatuto de conservação (Livro vermelho de Vertebrados): LC – Pouco preocupante