Fotografia da Natureza por André Brito e Ana Esteves

Felosa-do-mato

Sylvia undata

A Felosa-do-mato ou Toutinegra-do-mato, é uma felosa muito pequena (12-13 cm). Apresenta a parte superior cinzento-acastanhada, mais acinzentada na cabeça. A parte inferior é castanha-escura cor de vinho com pintas brancas espaçadas na garganta. Possui um cauda longa muitas vezes arrebitada quando esta se encontra empoleirada. Característica também importante na identificação desta ave é a orla do olho vermelha.

Habita em charnecas, e zonas com matos densos. Normalmente muito bem escondida por entre a cobertura densa dos espessos matagais de tojo e urze. É mais fácil de observar quando canta no início da Primavera.

Alimenta-se sobretudo de insectos.

Constrói um ninho em forma de taça junto ao solo na espessura da vegetação. efectua 2-3 posturas de Abril-Junho com 3-4 ovos.

Estatuto de conservação (Livro vermelho de Vertebrados): LC – Pouco preocupante

Anúncios

Sylvia undata

A Felosa-do-mato ou Toutinegra-do-mato, é uma felosa muito pequena (12-13 cm). Apresenta a parte superior cinzento-acastanhada, mais acinzentada na cabeça. A parte inferior é castanha-escura cor de vinho com pintas brancas espaçadas na garganta. Possui um cauda longa muitas vezes arrebitada quando esta se encontra empoleirada. Característica também importante na identificação desta ave é a orla do olho vermelha.

Habita em charnecas, e zonas com matos densos. Normalmente muito bem escondida por entre a cobertura densa dos espessos matagais de tojo e urze. É mais fácil de observar quando canta no início da Primavera.

Alimenta-se sobretudo de insectos.

Constrói um ninho em forma de taça junto ao solo na espessura da vegetação. efectua 2-3 posturas de Abril-Junho com 3-4 ovos.